PROFESSOR SÍLVIO SANTOS

Spread the love

Há um projeto de lei tramitando na câmara dos deputados, o projeto número 743/19, que exige que escolas protejam a saúde do professor, em especial no que se refere ao uso da voz em sala de aula, e promovam o aprendizado do aluno inclusive com o uso de equipamentos pertinentes, quando necessário.

Os “nobres” deputados, que imagino nunca entraram em uma sala de aula como professor, justificam o projeto dizendo que o objetivo deste é garantir que tanto os alunos tenham condições ideais de ouvir as aulas quanto os professores tenham condições de ministrá-las sem forçar suas vozes.

Que beleza! Então para garantir o direito dos alunos de ouvir o professor, mas para que o professor não force sua foz na hora de falar, vamos dar um microfone e uma caixa amplificadora para que as aulas possam ser ministradas. Os problemas não são salas superlotadas e ambientes sem acústica o problema é que o professor fala baixo e para que ele possa falar alto sem forçar a voz vamos colocar um microfone em suas mãos.

Na verdade, eu acho que teremos no futuro próximo o professor Silvio Santos. Lembra do apresentador que usava um microfone pendurado no pescoço?

É claro que sabemos que os professores sofrem mais com problemas de voz quando se faz a comparação com profissionais de outras áreas. Mas será que oferecer equipamentos de amplificação da voz é mesmo a melhor solução para este problema? Se existe uma preocupação com a saúde vocal do professor e com a garantia de aprendizagem dos alunos não seria melhor diminuir o número de alunos por turma, resolveríamos os dois problemas, não?

Mas em educação as decisões nunca são pedagógicas elas são sempre econômicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *